domingo, 2 de dezembro de 2012

Em 10º, brasileira é melhor atleta ocidental na Maratona de Macau

Entre africanas e asiáticas, uma piauiense no pódio da Maratona Internacional de Macau. O lugar, aliás, parece ser bastante conhecido pela corredora Conceição Oliveira, que terminou a prova, realizada na noite de sábado, em 10º lugar. A atleta, que sabe muito bem o caminho até o pódio, mais uma vez não decepcionou. Conceição foi a melhor atleta ocidental na competição.
A prova feminina teve vitória de Ehitu Kiros, da Etiópia, com o tempo de 2h50min10. Tsega Gelaw Reta,compatriota da campeã, chegou em segundo. Com o tempo de 02h51min21, a queniana Irene Kemuto fechou o grupo das três primeiras colocadas. Entre os homens, Haile Haja Gemeda, da Etiópia, terminou em 02h23min56, seguido do queniano Dunca Cheruiyot 02h24min00 e do também etíope Gezahegn Alemayehu 2h24min11.
Cansada com a maratona de provas, Conceição Oliveira comentou estar feliz com o décimo lugar. Até competir nas ruas de Macau, a piauiense viajou mais de 18 mil km, com conexões em Dubai e Hong Kong, em pouco mais de 30 horas. A principal adaptação foi o fuso horário.
- Estou muito feliz por ter fechado mais uma prova das muitas que virão. A maratona de Macau trouxe experiências e conhecimentos, pois estou no país de potência no esporte. Por isso, está aqui foi um sonho realizado - comentou a corredora, ao lado do seu treinador Luiz Fernando Bernardi.
Férias?


Quando o assunto é o ranking da CBAt, Conceição Oliveira, terceira colocada, é cautelosa. Cansada com o ritmo das últimas provas, ela aguarda uma avaliação física após o décimo lugar da Maratona de Macau para decidir o futuro na penúltima prova, que será disputada no dia 9 de dezembro com realização da Volta da Pampulha, em Belo Horizonte-MG.

- As primeiras posições do ranking ficaram complicadas. Teria que chegar em todas as provas finais à frente da segunda colocada, porém acabei sentindo o cansaço. Está nítido. Agora, depois da maratona de Macau, vou ver minhas reais condições – argumentou a corredora, acrescentando que junto com seu treinador, Luiz Fernando Bernardi, já tomou uma decisão:

- Conversei muito com meu técnico durante a viagem e decidimos que independentemente do resultado, vou tirar férias. Então, infelizmente, não farei a Corrida de São Silvestre. Ano que vem, quem sabe? – anunciou Conceição Oliveira.


Nas 27 etapas disputas ao longo do ano, a corredora piauiense pontuou em dezessete delas. As conquistas deram à Conceição 431 pontos. São 21 atrás da líder, a alagoana Marily dos Santos. A paulista, Roselaine de Sousa Silva, vice no ranking, tem 444 pontos, completando a equilibrada disputa.

Os dez primeiros colocados recebem da CBAt uma ajuda de custo mensal em 2013 por meio do Programa Nacional de Apoio a Corredores de Elite. Conceição Oliveira já foi campeã nos anos de 2005, 2008 e 2011.

sábado, 1 de dezembro de 2012

Piauiense viaja 18mil km p/buscar lugar no pódio na Maratona de Macau

Em Macau, na China, a corredora piauiense Conceição Oliveira vive um sonho. Atual terceira colocada no ranking da Confederação Brasileira de Atletismo(CBAT) Corredores de Rua, a atleta busca experiência em terras orientais. Do outro lado do mundo, Conceição briga contra o próprio corpo para superar os limites físicos e alcançar um pódio na Maratona Internacional de Macau, prova que compete neste sábado, às 19horas(horário de Brasília). Será mais um desafio no movimentado ano da atleta.
Dentro de uma semana, Conceição Oliveira chegou a disputar quatro provas: a Meia Maratona de Blumenau-SC, Jogos do Interior de S.Paulo(prova dos 10 mil e 5 mil quilômetros) e a Maratona de Curitiba. O cansaço, evidentemente, bateu e o desejo de férias é cada vez mais forte. Apesar da rotina de provas, Conceição acredita que ainda resta fôlego para mais uma etapa internacional de sua carreira.
- Hoje a maratona de Macau vai trazer experiência e conhecimentos, pois estou no país de potência no esporte. Por isso, está aqui é um sonho realizado. Mesmo ter participado de muitas competições este ano, o cansaço é nítido. Para se ter uma idéia, esta é minha quinta maratona, mas espero representar bem o meu país. Sem dúvida, esse vai ser meu grande desafio do ano - avalia a corredora, que já conquistou em 2012 a Maratona Sul-Americana, na Venezuela.
Em Macau, a principal dificuldade de Conceição foi a adaptação com o fuso horário - cerca de 10h a mais em relação à Brasília. Foram mais de 18 mil km de viagem, com conexões em Dubai e Hong Kong, e pouco mais de 30 horas de viagem. Foi difícil, mas a corredora piauiense afirma que se acostumou aos poucos.
- Nestes dias, às vezes acordo às 05h e não consigo dormir mais. O fuso horário é uma loucura. Apesar da viagem cansativa, está valendo muito a pena está em Macau. Cidade linda, diferente. Estou curtindo a viagem e vivendo um pouco da cultura chinesa, que por sinal é riquíssima - fala Conceição, que antes de correr pelas ruas da cidade aproveita para registrar pontos turísticos da cidade.

Ranking CBAT
Quando o assunto é o ranking da CBAT, Conceição Oliveira é cautelosa. Cansada com o ritmo das últimas provas, ela aguarda uma avaliação física após a Maratona de Macau para decidir o futuro na penúltima prova, que será disputada no dia 9 de dezembro com realização da Volta da Pampulha, em Belo Horizonte-MG.
- As primeiras posições do ranking ficaram complicadas. Teria que chegar em todas as provas finais à frente da segunda colocada, porém acabei sentindo o cansaço. Vou esperar correr a maratona e ver minhas condições - argumentou a corredora, acrescentando que junto com seu treinador, Luís Fernando,tomou uma decisão:
- Conversei muito com meu técnico durante a viagem e decidimos que independentemente do resultado, vou tirar férias. Então, não farei a Corrida de S.Silvestre. Ano que vem, quem sabe? - anunciou Conceição Oliveira.
Nas 27 etapas disputadas ao longo do ano, a corredora piauiense pontuou em dezessete delas. As conquistas deram  à Conceição 431 pontos. São 21 atrás da líder, a alagoana Marily dos Santos. A paulista, Roselaine de Sousa Silva, vice no ranking, tem 444 pontos, completando a equilibrada disputa.
Os dez primeiros colocados recebem da CBAT uma ajuda de custo mensal em 2013 por meio do Programa Nacional de Apoio a Corredores de Elite. Conceição Oliveira já foi campeã nos anos de 2005,2008 e 2011.

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Piauiense fica em terceiro lugar na Maratona de Curitiba

A piauiense Conceição de Maria Oliveira, ficou em terceiro lugar na Maratona de Curitiba, disputada na capital paranaense neste domingo(18). Ela obteve uma marca de 2h49min42s e ficou atrás apenas da também brasileira Marily dos Santos, com o tempo de 2h48min08s, e da queniana Thabita Kibet que liderou desde a largada e conquistou a vitória com o tempo de 2h42min06s.
Na categoria masculino, o queniano David Kiprotich Bowen sagrou-se campeão ao fechar a prova com 2h19min38s. O atleta venceu uma disputa acirrada com os brasileiros Giomar Pereira, segundo colocado com 2h20min27s, e Elson Gracioli, que terminou a prova com o tempo de 2h21min47s.
"Fiquei muito contente com o meu desempenho e dos meus companheiros de equipe, que também ficaram entre os dez primeiros. O clima ajudou bastante nesta manhã e contribuiu para que conseguissemos conquistar esse excelente resultado em uma das provas mais difíceis do país, que leva os corredores ao seu limite."
Cinco mil atletas participaram da Maratona Caixa de Curitiba, que é considerada uma das corridas mais desafiadoras de todo o país. Com um percurso de 42,195 mil metros, os corredores tiveram que percorrer 64 ruas de 29 bairros da cidade, com diversos trechos de subidas e descidas que exigem grande condição física dos atletas.
A prova contou com o medalhista olímpico Edson Luciano Ribeiro como padrinho e distribuiu R$61,780 em prêmio. Os valores da Maratona foram de R$13 mil para o vencedor, uma das maiores premiações do país, até R$250,00 para o 10º na classificação geral da corrida. Também foram distribuídos, prêmios para os melhores atletas curitibanos, divididos por categoria, no valor de R$250,00.

VENCEDORES
Maratona - masculino
1-David Kiprotch - 2h19min38s
2-Giomar Pereira - 2h20min27s
3-Elson Gracioli - 2h21min47s
4-Gustavo Caurio - 2h22min02s
5-Barnabas Kiplagat - 2h24min12s

Maratona - feminino
1-Thabita Kibet - 2h42min06s
2-Marily dos Santos - 2h48min08s
3-Conceição Oliveira - 2h49min42s
4-Roselaine Silva - 2h55min52s
5-Clarice da Luz - 2h59min36s

domingo, 11 de novembro de 2012

Conceição Oliveira e Leão foram os melhores brasileiros



Na 11ª e última etapa da temporada, Leão e Conceição foram os melhores brasileiros

Brasília - Dois africanos foram os destaques da última etapa da temporada do Circuito de Corridas CAIXA 2012. O tanzaniano Alphonce Feliz Simbu e a queniana Jane Jelagat venceram em Brasília, na manhã deste domingo (11). José Marcio Leão da Silva e Conceição de Maria Carvalho Oliveira, os melhores brasileiros, fica...
ram em terceiro.
O Eixo Rodoviário Sul, caminho para se chegar à Esplanada dos Ministérios, é fechado para os carros aos domingos. Nesta manhã a avenida ganhou um novo colorido com a chegada dos corredores que festejaram a qualidade de vida na etapa final do Circuito CAIXA.
Pontualmente às 8 horas a Elite Feminina largou para o percurso de 10 km, com sol, mas com temperatura amena, de 19 graus. Logo no primeiro quilômetro as duas quenianas, favoritas saltaram à frente e não deram chance às brasileiras, que se conformaram em brigar pelos últimos três lugares no pódio. Jane Jelagat precisou de 35min34 para completar a prova e sua compatriota Thabita Kibet chegou 24 segundos depois. Conceição Oliveira, terceira colocada, venceu seu duelo particular com Roselaine Silva, que chegou em quinto.
"Gostei muito do percurso e me senti bem o tempo todo, tanto que busquei a liderança e não larguei mais", contou Jane que está encerrando sua primeira temporada no Brasil na Maratona de Curitiba, no próximo domingo. No final de setembro ela venceu a Maratona Maurício de Nassau, em Recife, e ficou em terceiro na etapa de Ribeirão Preto do Circuito CAIXA, há duas semanas.
Conceição Oliveira estava muito feliz com o terceiro lugar e por ter superado Roselaine da Souza Silva. "Este resultado foi excelente porque fui a melhor brasileira e reduzi em oito pontos minha diferença para a Rose (Roselaine Silva). Agora estou a 13 pontos do segundo lugar no ranking", explicou a atleta do Palmeiras, que tem pela frente uma sequência grande de provas. Disputa a Maratona de Curitiba e duas semanas depois faz nova maratona, em Macau, na China. Na volta, mais duas competições importantes: Volta da Pampulha e São Silvestre. Questionada sobre fazer duas maratonas seguidas, ela justifica: "Já fiz Porto Alegre e uma semana depois corri em São Paulo. Não recomendo para ninguém, mas como vou representar o Brasil resolvi encarar a China".
No masculino, a história se repete

A corrida da Elite Masculina foi parecida com a feminina. A única diferença aconteceu na primeira metade, quando o corredor do Cruzeiro, José Márcio Leão da Silva, chegou a liderar o pelotão. A partir do sexto quilômetro os dois africanos passaram à frente e venceram com relativa facilidade.
O campeão Alphonce Simbu, da Tanzânia, chegou ao Brasil na sexta-feira e veio direto para Brasília. "Gostei muito da prova e achei a temperatura boa para correr. Além disso, os brasileiros forçaram o ritmo e foram bem competitivos", elogiou o corredor de 20 anos, que ficará no Brasil até a São Silvestre.
O melhor brasileiro na prova, José Márcio Leão, terceiro colocado, estava conformado com o resultado de sua estreia na Capital Federal. "Tentei manter a ponta, mas senti um pouco de cansaço por ter corrido 10 quilômetros no domingo passado, quando venci em Fortaleza", justificou. Os 30 pontos da prova deste domingo consolidam Leão como terceiro colocado no ranking nacional. "Vou disputar a Pampulha e a São Silvestre para lutar pelo pódio, mas já atingi meu objetivo na temporada, que era ficar entre os três melhores brasileiros no ranking", completou.
O líder do ranking, Giomar Pereira da Silva, tentava descobrir o resultado de seu concorrente direto, o companheiro do Cruzeiro, Valdir Sérgio de Oliveira, que competiu no Rio de Janeiro neste domingo. "Acredito que abri mais alguns pontos de vantagem para ele (tinha 21), pois sei que ele não ficou entre os dois melhores brasileiros. Agora vou lutar até o final da temporada para garantir o pentacampeonato brasileiro (venceu em 2006, 2008, 2009 e 2011) correndo a Meia de Blumenau, Pampulha e São Silvestre".

Correndo com o filho

Entre os amadores, o servidor público Marcelo Alves chamou a atenção ao completar os cinco quilômetros. Ele correu empurrando o carrinho com o filho João Marcelo, de 4 anos. "Eu sempre treino empurrando o João Marcelo e neste domingo fizemos juntos nossa primeira corrida", contou. "Ele cobra para irmos treinar, pois adora esporte", acrescenta. Ao ser perguntado sobre seu esporte preferido o garotinho não titubeia: "É triathlon", e garante que também sabe nadar. João Marcelo já disputou sua primeira corrida para crianças e, se depender do pai, será um atleta.
Quando tudo parecia terminado, o barulho da sirene da ambulância e da buzina dos batedores chamou a atenção para o pórtico de chegada. Depois de 1h30min de prova estava chegando a última corredora do Circuito Caixa nesta temporada. Nariam Oliveira Silva, de 60 anos, cruzou a linha carregando a bandeira do Brasil. "Já corri dezenas de provas , mas nunca fiquei em último. Neste domingo estava muito gripada e, mesmo assim, resolvi correr. Depois do quinto quilômetro fiquei sem fôlego e caminhei a última metade do percurso", contou. "Valeu a festa e os aplausos na chegada, o importante é participar", acrescentou e foi logo pegar sua medalha.

Resultados

Masculino
1- Alphonce Feliz Simbu (Tanzânia/Fila/CAIXA) - 29min43
2- Barnabas Kiplagat Kosgei (Quênia/Fila/CAIXA) - 30min00
3- José Márcio "Leão" da Silva (Cruzeiro/CAIXA) - 30min21
4- Giomar Pereira da Silva (Cruzeiro/CAIXA) - 30min27
5- Gilberto Silvestre Lopes (Pé de Vento/CAIXA) - 30min49
6- Kimosop Kiprono (Quênia/Luasa) - 31min20
7- William Salgado Gomes (Luasa) - 31min22
8- Sivaldo SantosViana (M.Calçados/Naval Freitas) - 31min28
9- Carlos do Nascimento (Pé de Vento/CAIXA) - 31min35
10- Janilson Azevedo dos Santos (Gran Cursos/CAIXA) - 31min51

Feminino
1- Jane Jelagat (Quênia/Fila/CAIXA) - 35min34
2- Thabita Kibet (Quênia/Luasa) - 35min58
3- Conceição de Maria Carvalho Oliveira (Palmeiras/CAIXA) - 36min31
4- Marizete Moreira dos Santos (Caso/CAIXA) - 36min51
5- Roselaine de Souza Silva (Cruzeiro/CAIXA) - 37min06
6- Rosiane Xavier dos Santos (Free Corner) - 37min22
7- Maria Zeferina Baldaia (CAIXA/Serquímica) - 39min30

Com a disputa em Brasília, o Circuito CAIXA encerrou a temporada 2012 e atingiu a marca de 71 corridas em nove anos de história. A mais importante competição de corridas de rua do País teve 11 etapas - incluindo, além do Distrito Federal, as de Goiânia (1º/4), Uberlândia (12/5), Belo Horizonte (27/5), Campo Grande (3/6), Fortaleza (5/8), Recife (12/8), Porto Alegre (2/9), Curitiba (30/9), São Paulo (14/10) e Ribeirão Preto (28/10) - em nove Estados brasileiros. Com chancela da CBAt, as 11 provas somam pontos para o ranking brasileiro de corredores de rua. Os 10 primeiros colocados no ranking, no masculino e no feminino, garantem o patrocínio da CAIXA para 2013.
O Circuito CAIXA é uma realização da HT Sports, com patrocínio da CAIXA Econômica Federal, co-patrocínio da Centauro e apoio da Neptunia Corretora de Seguros. Em Brasília, contou ainda com o apoio da Água Mineral Indaiá, Governo do Distrito Federal e Federação de Atletismo do Distrito Federal. A supervisão técnica é da CBAt.

Mais informações em www.circuitocaixa.com.br / http://twitter.com/circuitocaixa / www.facebook.com/circuitocaixa

Siga a LOCAL no Twitter e curta no Facebook
http://twitter.com/localcomunica
www.facebook.com/LocaldaComunicacao

Local da Comunicação - Juliana Leite
E-mail: juliana@localcom.com.br
www.localcom.com.br
Tels: Juliana (11) 3263-0684, (11) 8457-9704, (11) 7878-6343 e ID 86*84

sábado, 10 de novembro de 2012

Piauiense se prepara para Maratona de Macau correndo em Brasília

A piauiense Conceição Oliveira corre neste domingo(11) para brigar pela vice-liderança do ranking brasileiro de Corridas de Rua. Ela participa em Brasília/DF da última etapa do Circuito Caixa, que soma pontos pontos na relação da Confederação Brasileira de Atletismo. Os 10 melhores do ano ganham patrocínio para todo o 2013.Mas a prova no Distrtito Federal também serve como preparação para o próximo desafio da atleta: a Maratona de Macau,na china.
"Depois das três últimas provas, percebi que ainda é possível alcançar a vice-líder. Por isso, vou para Brasília com uma tragédia muito grande e com muito mais gana de brigar pela vitória", diz Conceição Oliveira, atualmente em terceiro lugar no ranking. A piauiense está com 336 pontos, 21 atrás de Roselaine de Souza e 14 à frente de Maria Zeferina Baldaia. A líder é Marily dos Santos,com 390.
Após a prova de Brasília, restarão cinco corridas para fechar o circuito nacional. Conceição Oliveira, melhor do Brasil em 2005,2008 e 2011, tem forças para ainda pelo título mais uma vez. "No início do ano, faço o trabalho de base. Em julho, quando a musculatura começa a se desgastar, faço mais um treinamento de força e me preparo física e psicologicamente para as provas mais duras do segundo semestre. Aí consigo mais um gás para chegar até o fim do ano. E sem contusões", diz a corredora, que foi ao pódio em 10 das 14 provas do ranking de 2012.
A prova de 10 quilômetros em Brasília também servirá de preparação para a Maratona de Macau, na China, que acontecerá dia 02 de dezembro. A campeã sul-americana de maratonas quer repetir o bom desempenho obtido em Caracas, na Venezuela. "Gostei muito da experiência na Venezuela. Agora, quero representar bem o meu país na China. E já estou cheia de expectativa para conhecer Macau. Vou usar o que sobrar de fôlego da maratona, lá, para fechar a temporada com chave de ouro na Volta da Pampulha e na São Silvestre".

quinta-feira, 8 de novembro de 2012




Conceição Oliveira é um dos destaques da prova, que levará também Roselaine de Souza Silva e Maria Zeferina Baldaia ao Distrito Federal, neste domingo (11/11)
São Paulo - Uma disputa valendo as primeiras posições do ranking brasileiro de corrida de rua vai esquentar a etapa final do Circuito de Corridas CAIXA 2012, neste domingo (11/11), em Brasília. Roselaine de Souza Silva, Conceição Oliveira e Maria Zeferina Baldaia, respectivamente segunda, terceira e quarta colocadas, estão a poucos pontos de distância umas das outras e podem trocar de posições no Distrito Federal. Para a tricampeã brasileira Conceição, a prova, com largada às 8 horas no Eixo Rodoviário Sul e percursos de 5 km e 10 km, ainda servirá como preparação para representar o Brasil na Maratona de Macau, em 2 de dezembro.

"Depois das três últimas provas, percebi que ainda é possível alcançar a vice-liderança. Por isso, vou para Brasília com uma alegria muito grande e com muito mais gana de brigar pela vitória", vibra Conceição, terceira colocada no ranking nacional, com 336 pontos - 21 atrás de Roselaine de Souza Silva, vice-líder, e 14 à frente de Maria Zeferina Baldaia, quarta colocada. "É a última prova do Circuito CAIXA, e com certeza terá uma disputa bem difícil, nessa fase final em que as primeiras posições do ranking estão se definindo."

Entre as primeiras do ranking nacional desde o início de sua carreira nas corridas - 1ª em 2005, 2008 e 2011, 2ª em 2007 e 2010, 3ª em 2006 e 2009 - Conceição chama atenção pela resistência física. A fundista disputou 14 das 23 provas oficiais já realizadas, somou dez pódios. "No início do ano, faço o trabalho de base. Em julho, quando a musculatura começa a se desgastar, faço mais um treinamento de força e me preparo física e psicologicamente para as provas mais duras do segundo semestre. Aí consigo mais um gás para chegar até o fim do ano. E sem contusões", ressalta a piauiense. "Por isso consegui me aproximar tanto da Roselaine".

Conceição, que iniciou a temporada 2012 com a vitória no Sul-Americano de Maratonas de Caracas, na Venezuela, usará a última prova do Circuito CAIXA como preparação para mais um desafio internacional: a Maratona de Macau, em 2 de dezembro. "Gostei muito da experiência na Venezuela. Agora, quero representar bem o meu país na China. E já estou cheia de expectativa para conhecer Macau. Vou usar o que sobrar de fôlego da maratona, lá, para fechar a temporada com chave de ouro na Volta da Pampulha e na São Silvestre", conta a fundista.

Com a chancela da CBAt, o Circuito CAIXA já passou por Goiânia (1º/4), Uberlândia (12/5), Belo Horizonte (27/5), Campo Grande (3/6), Fortaleza (5/8), Recife (12/8), Porto Alegre (2/9), Curitiba (30/9), São Paulo (14/10) e Ribeirão Preto (28/10). A etapa de Brasília, em 11 de novembro, encerra a temporada da mais importante competição de corridas de rua do País, que passou por nove Estados brasileiros. Suas 11 provas somam pontos para o ranking brasileiro de corredores de rua. Os dez primeiros colocados no ranking, no masculino e no feminino, garantem o patrocínio da CAIXA para 2013. 

O Circuito CAIXA é uma realização da HT Sports, com patrocínio da CAIXA Econômica Federal e co-patrocínio da Centauro. Em Brasília, conta ainda com o apoio da Água Mineral Indaiá e Federação de Atletismo do Distrito Federal. A supervisão técnica é da CBAt.

Mais informações em www.circuitocaixa.com.br / http://twitter.com/circuitocaixa / www.facebook.com/circuitocaixa

Siga a LOCAL no Twitter e curta no Facebook
http://twitter.com/localcomunica
www.facebook.com/LocaldaComunicacao


Local da Comunicação - Juliana Leite
E-mail: juliana@localcom.com.br
www.localcom.com.br
Tels: Juliana (11) 3263-0684, (11) 8457-9704, (11) 7878-6343 e ID 86*84

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Palmeiras x Cruzeiro

Palmeiras x Cruzeiro esquenta disputa do Circuito de Corridas CAIXA, domingo, no Pacaembu


Com largada e chegada dentro do famoso estádio, a nona etapa da competição, na capital paulista, contará com os principais corredores do País representando os dois clubes

São Paulo - Cruzeiro e Palmeiras vão trocar o futebol pela corrida ao se enfrentarem, no domingo (14/10), no Estádio do Pacaembu, em São Paulo. Alguns dos melhores corredores do País vestem a camisa desses clubes e estarão disputando espaço nas ruas, na etapa paulistana do Circuito de Corridas CAIXA, com largada e chegada dentro do Pacaembu. O início da prova, com percursos de 5 km e 10 km, está marcado para as 8 horas.
A tradicional equipe mineira de atletismo do Cruzeiro estará representada por Roselaine de Souza Silva, vice-líder do ranking de corridas de rua da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), com 330 pontos. No sábado (6/10), ela defendeu a seleção brasileira no Mundial de Meia Maratona da Bulgária, disputado na cidade de Kavarna. Já o Palmeiras entra na pista com Conceição Oliveira, terceira colocada do ranking, com 296 pontos.
"Estou bem preparada, dando sequência ao treinamento mais forte do segundo semestre. O foco agora é tentar chegar à frente da Roselaine, para diminuir a distância entre nós", diz ela, ciente da disputa. Mas garante que a rivalidade entre elas está apenas na briga por posições no ranking. "A pressão aumenta por ser uma disputa entre times de futebol. E até a gente brinca com essa história."
Para Conceição, a retomada do investimento dos grandes clubes no atletismo, em especial a corrida de rua, mostra a força do esporte que, a cada dia, ganha mais adeptos. "O fato de a corrida levar até vinte mil pessoas para as ruas está abrindo horizontes, despertando a atenção dos clubes", analisa. "Daqui a pouco, os corredores de rua terão tanta torcida quanto os jogadores de futebol".
Reforço mineiro na elite masculina


Para a disputa masculina, o Palmeiras não tem representantes, enquanto o Cruzeiro levará, para a prova de São Paulo do Circuito CAIXA, os primeiros do ranking: Giomar Pereira, líder com 315 pontos, Valdir Oliveira (vice-líder/294 pontos) e José Márcio Leão (4º colocado/253 pontos). O time também ganha o reforço dos gêmeos Paulo Roberto de Almeida Paula, 8º lugar na maratona das Olimpíadas de Londres/2012, e de Luiz Fernando de Almeida Paula, integrante da seleção brasileira no Mundial de Meia Maratona da Bulgária.
"Ter times de futebol envolvidos com a corrida é um incentivo a mais. Não há rivalidade entre nós, mas o clima da torcida anima. A gente fica empolgado para defender nosso clube e subir ao pódio, ainda mais dentro de um estádio de futebol", destaca Giomar Pereira, que também é o bicampeão da etapa paulistana do Circuito CAIXA (2008 e 2009).
O cruzeirense prevê uma disputa acirrada em São Paulo com Marílson Gomes dos Santos e o colega de equipe, Paulo Roberto de Almeida Paula. "Espero que o percurso da corrida me favoreça. O nível será bem mais alto, com ritmo puxado. Muitos podem quebrar no final por não estarem preparados para a segunda metade da prova", analisa. "O ideal é eu correr atrás, marcando o pelotão principal, e arrancar mais para o final. Quem sabe, assim, eu conquiste uma medalha".
Com a chancela da CBAt, o Circuito CAIXA já passou por Goiânia (1º/4), Uberlândia (12/5), Belo Horizonte (27/5), Campo Grande (3/6), Fortaleza (5/8), Recife (12/8), Porto Alegre (2/9) e Curitiba (30/9). Depois da disputa em São Paulo, a mais importante competição de corridas de rua do País segue para Ribeirão Preto (28/10), encerrando a temporada 2012 em Brasília (11/11) e concluindo, assim, a passagem por nove Estados brasileiros. As11 provas somam pontos para o ranking da CBAt. Os dez primeiros colocados no, no masculino e no feminino, garantem o patrocínio da CAIXA para 2013.
O Circuito CAIXA é uma realização da HT Sports, com patrocínio da CAIXA Econômica Federal e co-patrocínio da Centauro. Em São Paulo conta com a hidratação da água mineral Minalba, além do apoio da Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação, e Prefeitura de São Paulo, A supervisão técnica é da CBAt e da Federação Paulista de Atletismo (FPA).
Mais informações em www.circuitocaixa.com.br / http://twitter.com/circuitocaixa / www.facebook.com/circuitocaixa

Siga a LOCAL no Twitter e curta no Facebook

http://twitter.com/localcomunica

www.facebook.com/LocaldaComunicacao

terça-feira, 2 de outubro de 2012

3ª colocada em Curitiba

Com a terceira colocação na etapa da Caixa de CURITIBA,

CONCEIÇÃO assume a 3ª posição no Ranking desse ano, ficando 2 pontos a frente da BALDAIA ...

O Campeonato promete emoções até o final ...

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Conceição Oliveira, corre pelo tricampeonato em P.Alegre, no Circuito Caixa

A atleta Palmeirense venceu duas vezes na capital gaúcha e chega à prova deste domingo (2/9) como uma das favoritas, ao lado de Marily dos Santos, líder do ranking brasileiro.

S.Paulo - Correr " sem pensar em nada" é a receita de Conceição Oliveira para brigar pelo tricampeonato no Circuito de Corridas CAIXA em Porto ALegre, neste domingo(2/9). A piauiense já venceu a etapa duas vezes, em 2008 e 2009, e fez um trabalho de fortalecimento para ganhar velocidade e encarar adversárias como Marily dos Santos, líder do ranking brasileiro de corrida de rua. A prova, considerada a mais rápida da competição, terá largada às 09hs na Av.Edvaldo Pereira Paiva, no Parque Marinha do Brasil, e percursos de 5km e 10km.
"Tudo na prova de Porto Alegre é muito favorável. O clima é bom, o percurso é bem rápido. E já sei que o nível estará super forte. Por isso, não tem muito o que pensar, é largar forte e chegar forte", destaca Conceição Oliveira.
A piauiense se mostra muito à vontade na capital gaúcha. Além das duas vitórias no Circuito CAIXA,foi campeã da Maratona de Porto Alegre em 2009, prova em que conquistou a medalha de bronze este ano. "Sempre que vou para lá, fico mais confiante, com a positividade muito mais aflorada", conta.
Depois de um primeiro semestre dedicado às provas mais longas, Conceição preferiu descansar entre junho e julho. Agora, o treinamento está focado no fortalecimento e na busca por velocidade. " Como disputei várias maratonas e meias maratonas, o desgaste acabou sendo maior. Sinto que o segundo semestre, que concentra as provas mais rápiddas e mais duras, está sendo melhor para mim, avalia a fundista, quarta colocada do ranking nacional, com 248 pontos.
A atleta ganhou um novo ânimo nesta temporada ao iniciar um projeto de atletismo junto ao seu clube do coração, o Palmeiras. "Estou muito otimista com o projeto do Palmeiras, que deve crescer no próximo ano, e orgulhosa por estar vestindo a camisa do time nas corridas pelo Brasil", finaliza.

Oito primeiras do ramking nacional em Porto Alegre.

Conceição Oliveira terá entre suas adversárias na prova de Porto Alegre, as fundistas mais bem colocadas no ranking brasileiro de corrida de rua. Quem encabeça o pelotão de elite feminino é outra favorita ao pódio. Marily dos Santos, que no último domingo venceu a corrida Duque de Caxias, em Jacobina, tem uma boa folga na liderança, com 334 pontos, 44 à frente da vice-líder Roselaine de Souza Silva, quem também estará na prova.
Além delas, a disputa feminina terá Maria Zeferina Baldaia, vencedora da etapa gaúcha em 2010 e atualmente a terceira do rannking, com 263 pontos, Gisele Barros de Jesus (5ª, com 179 pontos), Edielza Guimarães(6ª, 167 pontos) e Marluce Queiroz(7ª, 132 pontos). Fechando o grupo Sueli Pereira volta ao Circuito Caixa para refletir o feito de 2011, quando venceu a prova com 34min19, segundo melhor tempo da competição entre as brasileiras, atrás apenas do recrode de Ednalva Laureano da Silva, a Pretinha(33min46 também em Porto Alegre, em 2007). Nesta temporada, quem superar a marca de Pretinha ganha um prêmio extra de R$1.500,00.
Mais importante competição de corridas de rua do País, o Circuito Caixa conta com a chancela da CBAt. Distribuídas por nove Estados, suas 11 etapas somam pontos para o ranking brasileiro de corredores de rua. Os dez primeiros colocados no ranking, no masculino e no feminino, garantem o patrocínio da CAIXA para 2013.
O Circuito Caixa é uma realização da HT Sports, com patrocínio da CAIXA Econômica Federal e co-patrocínio da Centauro. EM Porto Alegre, conta ainda com o apoio da Federação de Atletismo do Rio Grande do Sul e da Prefeitura de Porto Alegre, além da supervisão técnica da CBAT.

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Atletismo realiza boa participação na Maratona do Rio de Janeiro

A equipe de atletismo do Palmeiras esteve presente na XVI Meia Maratona Internacional Rio de Janeiro, ocorrida no domingo(19), na Cidade Maravilhosa. Com nível técnico elevado e recheada pela forte elite africana, a atleta palmeirense, Conceição Oliveira, garantiu a 10ª colocação no geral feminino e 6º lugar entre as brasileiras, com o tempo oficial de 1h18min58s.
Vinda de uma rotina com provas semanais do Circuito Caixa, Conceição apresentou-se muito bem ante a forte concorrência. " O mais importante é marcar presença nas principais corridas de rua do país. Gilson Miranda e Conceição Oliveira tem demonstrado força e determinação. Nossos atletas de elite estão suando a camisa em treinos e competições oficiais. Luís Fernando Bernardi, nosso técnico da equipe de alto desempenho, tem metas para a Olimpíada Rio 2016", disse o diretor de atletismo do Verdão, Welligton Almeida Júnior".
A equipe alviverde prepara-se agora para a Maratona de Revezamento Pão de Açúcar que ocorre em setembro. O verdão contará com duas duplas de elite sendo uma masculina e outra feminina com perspectiva de pódio.

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Meia Maratona Rio de Janeiro

Neste domingo, 19/8, a Conceição Oliveira estará participando da Meia Maratona Internacional do Rio de Janeiro.

A largada acontecerá na Praça S.Conrado às 08:35 e será transmitida ao vivo pela Globo.
Contamos com a sua torcida!

terça-feira, 14 de agosto de 2012

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

3º lugar no Circuito Caixa em Fortaleza


 
Conceição Oliveira conquistou o 3º lugar no Circuito Caixa em Fortaleza com o tempo de 34:35.
PARABÉNS!

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Etapa Cearense mostra equilíbrio na elite feminina, Com Conceição Oliveira,melhor Brasileira na prova em 2011 e Roselaine Silva, vice-líder Brasileira

Seis primeiras dos Ranking Nacional disputam Circuito Caixa em Fortaleza. S.Paulo - Mais tradicional prova do Circuito CAIXA, a etapa de Fortaleza contará com as seis primeiras do ranking brasileiro de corrida de rua, neste domingo(5/8), numa disputa que promete muito equilíbrio. Para Roselaine de Souza Silva, vice-líder, Conceição Oliveira, melhor brasileira em 2011, Gisele Barros e Edielza Guimarães, o título na capital cearense tem um gosto especial por ser inédito em suas carreiras.
Tricampeã brasileira, Conceição Oliveira volta a Fortaleza, depois de um período de descanso e treinamento focado em velocidade. "Eu disputei três provas longas em sequência(Maratona de P.Alegre, Maratona de S.Paulo e Meia Maratona das Cataratas do Iguaçu) e acabei ficando mais lenta. Preferi fazer um trabalho de fortalecimento, para ganhar ritmo, porque a minha prioridade agora é o Circuito Caixa", garante Conceição Oliveira, atualmente a quarta do ranking, com 182 pontos.
Conceição, que estreiou na temporada 2012 com a vitória no Sul-AMericano de Maratona de Caracas, mostrou regularidade e conquistou pódio em seis das sete provas que disputou até agora, entre elas a Maratona de Porto Alegre(3ª), a Meia Maratona de Fortaleza(4ª) e as etapas de Goiânia e Uberlândia do Circuito Caixa(4ª).
"O calor e o vento em boa parte do percurso são as maiores dificuldades da prova, mas eu conto com a boa preparação que venho fazendo. E Fortaleza tem me dado muita sorte no ranking, para ganhar pontos e subir posições", destaca a piauiense, que comemora, além da boa fase, a chegada à nova equipe de atletismo do Palmeiras, junto com o técnico Luiz Fernando Bernardes, com quem já trabalha há 11 anos.Em 2011, Conceição ficou em segundo lugar, atrás de uma queniana.

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Maratona Internacional de Porto Alegre

Segunda colocada do Ranking Caixa CBAt de Corredores de Rua em 2012, Conceição Oliveira corre em Porto Alegre para manter a boa fase que desde o ano passado. Em 2011, a piauiense foi a líder do ranking nacional de corredores de rua.
Enquanto corre em Porto Alegre, Conceição Oliveira fica de olho também na etapa de Campo Grande (MS) do Circuito de Corridas Caixa. A prova também acontece no domingo e Rosileine de Souza Silva, Maria Zeferina Baldaia, Marily dos Santos, Vanda Carneiro Chaves e Gisele Barros de Jesus, primeira, terceira, quarta, sexta e décima colocadas do Ranking Caixa CBAt de Corredores de Rua marcarão presença.



segunda-feira, 21 de maio de 2012

Conceição 3ª colocada na Corrida da Ponte

Nesse último domingo, a atleta Conceição Oliveira conquistou um brilhante resultado na Meia das Pontes(Rio-Niterói) ficando na terceira colocação da prova.
Mais do que subir no Podium, é perceber que quando se reúne foco nos treinamentos, confiança e determinação, os resultados aparecem naturalmente.
Conceição conseguiu nessa prova fazer sua segunda melhor marca de Meia Maratona, abrindo grandes perspectivas para obtenção de novos resultados expressivos em provas que estão para acontecer.
Tendo um semestre maravilhoso, além de se tornar Campeã Sul Americana de Maratona na Venezuela em fevereiro desse ano, Conceição atualmente já lidera o Circuito Caixa de Corridas de Rua na temporada de 2012.
Vamos continuar acompanhando sua trajetória, e valorizar sua simplicidade, carisma e amizade, pois mesmo sendo uma das melhores corredoras do Brasil, a humildade é sua marca registrada.
Parabéns Conceição!

domingo, 13 de maio de 2012

Conceição Oliveira 4ª lugar em Uberlandia

Mais uma meta cumprida!
Conceição Oliveira 4ª colocada com o tempo de 35min 58 seg em Uberlândia. O novo horário da prova disputada no Parque Sabiá foi aprovado por unanimidade.

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Disputa acirrada na elite feminina em Uberlândia

O pelotão de elite feminina levará uma disputa acirrada ao Triângulo Mineiro, na segunda etapa do CIRCUITO CAIXA. As cinco primeiras colocadas do ranking brasileiro estarão na briga pelo topo do pódio. Roselaine de Souza Silva, líder com 59 pontos, Marily dos Santos(vice -líder, 58 pontos), Maria Zeferina Baldaia(3ª, 52 pontos), Conceição Oliveira(4ª, 51 pontos) e Edielza(5ª, 48 pontos) estão muitos próximas uma das outras na classificação geral, que pode mudar em Uberlândia.
As fundistas brasileiras terão dois desafios na prova deste sábado (12/5): superar as quenianas Jacklyne Chemwek e Maurine Jelagat Kipchumba e bater o recorde da prova (33min30, feito por Eunice Kirwa em 2011), que vale um prêmio extra de R$1.500,00.
Mais importante competição de corridas de rua do País, o Circuito CAIXA conta com a chancela da CBAT. Distribuídas por nove Estados, suas 11 etapas somam pontos para o ranking brasileiro de corredores de rua. Os dez primeiros colocados no ranking, no masculino e no feminino, garantem  o patrocínio da CAIXA para 2013.
O Circuito CAIXA é uma realização da HT Sports, com patrocínio da CAIXA Economica Federal e co-patrocínio da Centauro.Em Uberlândia, conta ainda com o apoio da Federação Mineira de Atletismo, Prefeitura de Uberlândia, Fundação Uberlandense de Turismo, Esporte e Lazer - Futel e Supervisão técnica da CBAT.

domingo, 6 de maio de 2012

Conceição participa da Corrida do trabalhador

Muito feliz hoje, Tricampeã da Corrida do Trabalhador Sindepress,apesar de correr um km a mais, devido a uma pequena falha na sinalização durante o percurso. Prova difícil, com grandes subidas e descidas, porém o importante é que tudo certo.

domingo, 22 de abril de 2012

11ª Meia Maratona Shopping ABC - Sto André

Hoje aconteceu a 11ª Meia Maratona do ABC em Santo André, às 07:50 deu a largada feminina e às 8hs a largada masculina. Apesar da garoa pela manhã, todos estavam animados. O clima ajudou muito, pois é uma meia maratona com muitos aclives e declives,na qual exige muito dos atletas.
Ao final deu tudo certo e aproveito para parabenizar toda a organização, estava devidamente perfeita.
Fui 3ª colocada com um tempo de 1:20:24.

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Conceição Oliveira - 4 lugar

Conceição Oliveira foi a 4 colocada na primeira etapa do Circuito Caixa em Goiania com o tempo de 36min56seg.


segunda-feira, 26 de março de 2012

Tricampeã brasileira, Conceição Oliveira disputa etapa de abertura do Circuito Caixa



Piauiense faz sua estréia nas provas de 10km em 1º de abril, em Goiânia , depois de iniciar a temporada 2012 como Campeã Sul-Americana de Maratona.



S.Paulo - Conceição Oliveira começou a temporada 2012 mostrando que é forte candidata para fechar, pela quarta vez, o ano na liderança do ranking brasileiro de corredoras de rua - ela já foi campeã em 2005,2008 e 2011. A piauiense venceu o Sul-Americano de Maratonas de Caracas(Venezuela), em fevereiro, ficou com a medalha de bronze na 29ª Corrida Cidade de Aracaju, dia 17, e chega a Goiania, dia 1º de abril, como a adversária a ser batida na etapa de abertura do Circuito de Corridas CAIXA. A prova terá largada às 8 horas na Rua Americano do Brasil, no Parque Areião, e percursos de 5 km e 10 km.

"Vim de uma maratona e uma corrida de 25km, há pouco tempo, numa fase em que ainda estou saindo do treinamento de base. Estou um pouco lenta, mas tenho treinado muito bem, e acredito que até o dia 1º já estarei bem mais rápida, pronta para brigar pelo pódio", explica Conceição, confiante. "A prova de Goiânia será a minha estréia nos 10km nesta temporada e o resultado é uma surpresa. Vai ser como avaliação das minhas condições físicas."

Conceição conta que teve pouco tempo de preparação para as duas provas que disputou neste inicio de temporada. "Fui convidada a participar do Sul-Americano de Maratonas ainda em dezembro de 2011, antes da S.Silvestre, e fiquei indecisa. Estava cansada, tinha planejado férias de pelo menos 30 dias. Mas conversei com meu técnico e decidimos encurtar esse período. Treinei apenas um mês, que considero muito pouco para uma prova longa, mas deu tudo certo. E foi uma experiência única. Subir ao topo do pódio e ouvir o Hino Nacional torna a vitória ainda mais emocionante, faz você sentir que todo o seu trabalho valeu a pena."


Mudança na pontuação para o Ranking Brasileiro
Nesta temporada, a pontuação para a classificação no ranking brasileiro de corredores de rua sofreu alteração. Provas de até 15km continuam valendo 30 pontos, mas as competições mais longas ganharam um valor maior - 33 pontos para percurso de 16 km até meias - maratonas e 40 pontos para as maratonas. Para Conceição, no entanto, a mudança não deve afetar muito os corredores.

"Quem costuma correr meias-maratonas e maratonas fica com uma pontuação maior, mas não pode estar em muitas disputas, porque o desgaste é maior. Já quem participa de corridas de 10 km pontua menos, mas pode correr mais. Por isso, os competidores acabam se equivalendo.O que vai prevalecer é a estratégia de cada atleta", aponta a piauiense, para quem o Circuito CAIXA é uma prioridade.

"Essa é uma competição que eu sempre priorizo, e vou lutar para terminar a temporada na frente, mais uma vez.Mas não planejo em quais provas vou competir. Só quero tentar correr menos neste ano e focar mais em maratonas", que participa do Circuito CAIXA desde 2005 e, em 2011, disputou 21 das 23 corridas que integraram o ranking brasileiro.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Conceição Oliveira vence Sul Americano em Caracas

Três vezes campeã do Ranking Caixa/CBAT de corredores, Conceição Oliveira obteve no domingo 26, mais uma vitória em sua carreira. Ela ganhou a medalha de ouro no Campeonato Sul-Americano de Maratona, disputado simultaneamente com a Maratona da Integração Latino-Americana, em Caracas, na Venezuela, e venceu a prova.

Conceição fez os 42,195km em 2:53:15 para subir ao ponto mais alto pódio e terminou sete segundos à frente da vice-campeã Ruy Riativa,medalha de prata, representando a Colombia.
"A prova foi excelente, apesar de ser extremamente díficil, com um percurso que começa descendo, mas tem muito sobe e desce na segunda parte. Em um trecho, chegamos quase a mil metros acima do nível do mar".
Com um desafio desses, uma montanha na segunda etapa da prova, quando todas já estariam cansadas, Conceição resolveu partir para uma estratégia arriscada: planejou sair forte no começo para ter tranquilidade para administrar a prova na segunda parte.

Tarefa dada, tarefa cumprida: "Comecei liderando e, aos poucos, contruí uma enorme diferença, cheguei a ter vantagem de quatro minutos e meio sobre a segunda colocada". Para a gente ter uma idéia mais precisa, essa diferença representa uma distância de cerca de um quilômetro...

O problema é que, na maratona, mesmo um quilômetro pode não ser vantagem suficiente para garantir a vitória. E a brasileira aprendeu isso da pior forma possível, levando um susto danado: "A colombiana Ruby Riativa me surpeendeu no final, tirando toda a diferença que tinha colocado no inicio da prova".

De fato, a rival não tirou "toda" a diferença. Conceição ainda pode ir até a linha de chegada de sangue doce: "Eu estava tranquila para assegurar a vitória", diz a corredora de 36 anos, vinda lá de Campo Maior, interior do Piauí. No final, a diferença sobre Ruby foi de apenas sete segundos.

Numa hora dessas, se fosse de meio segundo também estaria ótimo.

"Estou muito feliz por ter colocado o Brasil no lugar mais alto do pódio e com uma sensação de dever cumprido, pois tive muito pouco tempo de preparação.Agora vou descansar e voltar aos treinos com toda garra, porque o ano está apenas começando", completa a maratonista.

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Primeira Maratona em 2012



Boa tarde pessoal!


Após o período de base intenso em Campos do Jordão, seguirei para minha primeira Maratona esse ano.

Fui convidada para participar do Sul Americano de Maratonas em Caracas na Venezuela dia 26 de fevereiro.

Estou muito confiante para essa prova.
Desejo ótimos treinos a todos e até a volta.